• Riserva Zen Yoga Life

Hoje comemora-se Advaita Saptami Nascimento de Advaita Acharya

Hoje é o sagrado dia do aparecimento de Śrī Advaita Ācārya. Pelas suas intensas preces meditações e atividades piedosas o senhor Krishna voltou ao planeta terra nesta era, desta vez na forma de Gauranga, o Avatar dourado, Senhor Chaitanya


Por Helena Bhagavati

O principal de todos os Vaiṣṇavas que residem em Navadvīpa é Śrī Advaita Ācārya, cuja presença virtuosa tornou todos os mundos abençoados. Ele é o preceptor mais proeminente em todos os campos, incluindo conhecimento, renúncia e devoção. Ao explicar Kṛṣṇa-bhakti, ele é como o próprio Senhor Śaṅkara (Śiva), e quaisquer escrituras que existam nos três mundos ele explica à luz de Kṛṣṇa-bhakti. Com intensa ansiedade, Ele adora continuamente a Śālagrāma de Śrī Kṛṣṇa com tulasī-mañjarīs e água do Ganges. Com o impulso de sua força espiritual, seus gritos altos perfuram as coberturas deste Universo e, ressoando por Vaikuṇṭha, alcançam os ouvidos de Śrī Kṛṣṇa. Ouvindo essa chamada amorosa saturada de devoção, Śrī Kṛṣṇa se apresenta. Śrī Advaita Ācārya é a encarnação combinada de Mahā-Viṣṇu e Sadāśiva (que reside em Goloka) Advaita Ācārya apareceu na vila de Navagrama, perto da cidade de Sylhet, como filho do Vārendra Brāhmiṇ Kuvera Paṇḍita e sua esposa Nabha Devī, no sétimo dia da lua crescente no mês de Māgha. Kuvera Paṇḍita é identificado no Gaura-gaṇoddeśa-dīpikā (v. 91) como o semideus original Kuvera, que era amigo de Mahādeva e líder dos Guhyakas. “Kuvera Paṇḍita, um devoto de Nṛsiṁha , residia na vila de Navagrama, perto de Sylhet, em Bangladesh. Ele foi um seguidor muito afortunado do caminho da devoção; ele não conhecia nada além dos pés de lótus de Kṛṣṇa. Sua esposa dedicada e fiel chamava-se Nabha Devī. Ela é adorável para o mundo inteiro, pois ela é a mãe de Advaita Prabhu.” (Bhakti-ratnākara 5ª onda) “No sétimo dia da lua crescente no mês de Māgha, o grande oceano de alegria transbordou. Naquele momento auspicioso, a Lua de Advaita desceu no ventre abençoado de Nabha Devī. Em seu êxtase, Kuvera Paṇḍita deu caridade aos brāhmaṇas e aos pobres. Andou na ponta dos pés até a sala de parto e seu coração ficou cheio de alegria ao ver o rosto do filho. Todos os aldeões vieram correndo para sua casa e disseram um ao outro: ‘Que obras piedosas esse brāhmaṇa fez que na velhice ele foi abençoado com uma jóia de filho?’ Os semideuses choveram flores sem serem vistos. Não há nada com o qual essa cena possa se comparar. Ghanaśyāma canta desta grande ocasião auspiciosa quando um tumulto alegre ecoou pela terra.” (Bhakti-ratnākara 12ª onda) No Gauḍīyā Vaiṣṇava Abhidhāna, o local de nascimento de Advaita é dado como Laura Gram. Também se diz lá que Advaita Prabhu deixou Laura para morar em Sylhet e depois se mudou para Śāntipura. Ele também tinha uma casa em Navadvīpa. Seu nome completo era Śrī Kamalākṣa ou Kamala Kānta Veda pañcanānā. Seu nascimento ocorreu em 1434 dC e ele desapareceu no ano de 1559, aos 125 anos. O discípulo dīkṣā de Śrīmatī Jāhnavā-mātā, Nityānanda dāsa, escreveu em seu Prema- vilāsa que o local de nascimento de Advaita se encontra em Śāntipura. Ele escreve que Advaita estudou os Vedas e outras escrituras com o estudioso Śāntācārya, que morava na seção Phullabati de Śāntipura e ganhou dele o título Ācārya. A vida de Advaita foi descrita em vários livros bengalis, incluindo Advaita-maṅgala, Advaita-vilāsa e Sītācaritra. No Advaita-vilāsa está escrito: "O Senhor permaneceu nesta terra por um século e um quarto, realizando passatempos ilimitados". Advaita tinha duas esposas; uma era chamada Śrī, a outra Sītā. No Gaura- gaṇoddeśa-dīpikā, está escrito que a divina Yogamāyā assumiu a forma da esposa de Advaita, Sītā, e que Śrī é sua expansão prakāśa. (Gaura-gaṇoddeśa-dīpikā, 86) “Sadāśiva, uma expansão do Senhor Supremo em Vraja, é aqui conhecido como Advaita Ācārya. Ele não é diferente de Caitanya.” (Gaura-gaṇoddeśa-dīpikā, 76) “Em Vraja, ele assumiu a forma de um vaqueiro e dançou ao lado de Kṛṣṇa. Isto é afirmado por Bhairava no Śiva-tantra: ‘Uma vez, durante o festival de Divali no mês de Kārttika, meu guru Śaṅkaradeva viu Kṛṣṇa dançando com Balarāma e os vaqueiros. Ele desejou se tornar um garoto vaqueiro e começou a dançar, girando como uma roda giratória para o prazer de Kṛṣṇa.’Assim, pela misericórdia de Kṛṣṇa, Sadāśiva desempenha dois papéis diferentes em Vraja, em um ele é o próprio Śiva, no outro, ele é um vaqueiro.” (Gaura-gaṇoddeśa-dīpikā, 77-80) Śrīla Bhaktisiddhānta Sarasvatī Ṭhākura também escreveu sobre Advaita Ācārya em seu Anubhāṣya para o Śrī Caitanya caritāmṛta 1.6.12: “O Senhor Advaita Ācārya é Mahā-Viṣṇu. Ele é o preceptor supremo. As atividades de Viṣṇu são auspiciosas por causa de Sua existência como proprietário ou mestre do universo. Ele é a fonte raiz de toda auspiciosidade…. Qualquer um que não possa entender que as complicações que estão sempre presentes no universo material são benéficas de uma maneira que é pura, eterna, completa e livre é privado de sua verdadeira atividade espiritual, devoção a Kṛṣṇa.” Vṛndāvana dāsa Ṭhākura também descreveu Advaita como o principal dos Vaiṣṇavas e como Śaṅkara: “Residindo em Nabadwip está o principal dos Vaiṣṇavas, o mais afortunado de todos, Advaita Ācārya. Ele é o líder entre os gurus em conhecimento, devoção e renúncia. Ele ensina especialmente devoção a Kṛṣṇa da mesma maneira que Śaṅkara.” (Caitanya-bhāgavata 1.2.78-9) Śrī Advaita compõe o Pañca-tattva (as cinco Verdades) juntamente com Śrī Kṛṣṇa Caitanya, Prabhu Nityānanda, Gadādhara e Śrīvāsa. Śrī Advaita Ācārya Prabhu convida o Senhor Kṛṣṇa a descer nesta Era. Śrī Caitanya-caritāmṛta Ādi 13: “Antes do aparecimento do Senhor Caitanya Mahāprabhu, todos os devotos de Navadvīpa costumavam se reunir na casa de Advaita Ācārya. Nessas reuniões dos Vaiṣṇavas, Advaita Ācārya costumava recitar o Bhagavad-gītā e o Śrīmad-Bhāgavatam, condenando os caminhos da especulação filosófica e da atividade fruitiva e estabelecendo a superexcelência do serviço devocional. Em todas as escrituras reveladas da cultura védica, o serviço devocional ao Senhor Kṛṣṇa é explicado em toda parte. Portanto, os devotos do Senhor Kṛṣṇa não reconhecem os processos de especulação filosófica, ioga mística, austeridade desnecessária e os chamados rituais religiosos. Eles não aceitam nenhum processo, exceto o serviço devocional. Na casa de Advaita Ācārya, todos os Vaiṣṇavas tinham prazer em sempre falar de Kṛṣṇa, sempre adorando Kṛṣṇa e sempre cantando o mahā-mantra Hare Kṛṣṇa. Mas Śrī Advaita Ācārya Prabhu sentiu-se angustiado ao ver todas as pessoas sem consciência de Kṛṣṇa simplesmente se fundindo no prazer dos sentidos materiais.Vendo a condição do mundo, ele começou a pensar seriamente em como todas essas pessoas poderiam ser libertadas das garras de māyā. Śrīla Advaita Ācārya Prabhu pensou: “Se o próprio Kṛṣṇa aparecer a fim de distribuir o culto do serviço devocional, só então a liberação será possível para todas as pessoas.” Com essa consideração, Advaita Ācārya Prabhu, prometendo fazer com que o Senhor Kṛṣṇa descesse, começou a adorar a Suprema Personalidade de Deus, Kṛṣṇa, com folhas de tulasī e água do Ganges. Por meio de gritos altos, Ele convidou Kṛṣṇa a aparecer, e esse convite repetido atraiu o Senhor Kṛṣṇa a descer.”

As Glórias de Śrī Advaita Ācārya Śrī Caitanya-caritāmṛta Ādi 6: Ofereço minhas respeitosas reverências a Śrī Advaita Ācārya, cujas atividades são maravilhosas. Por sua misericórdia, até mesmo uma pessoa sem conhecimento pode descrever suas características. Todas as glórias ao Senhor Sri Caitanya Mahāprabhu! Todas as glórias ao Senhor Nityānanda! Todas as glórias a Advaita Ācārya! E todas as glórias a todos os devotos do Senhor Sri Caitanya Mahāprabhu! O Senhor Advaita Ācārya é a encarnação de Mahā-Viṣṇu, cuja principal função é criar o mundo cósmico através das ações de māyā. Porque Ele não é diferente de Hari, o Supremo Senhor, Ele é chamado de Advaita, e porque Ele propaga o culto da devoção, Ele é chamado de Ācārya. Ele é o Senhor e a encarnação do devoto do Senhor. Por isso me refugio nEle. Śrī Advaita Ācārya é de fato diretamente a Suprema Personalidade de Deus. Sua glória está além da concepção dos seres vivos comuns. Mahā-Viṣṇu executa todas as funções para a criação dos universos. Śrī Advaita Ācārya é Sua encarnação direta. Esse puruṣa cria e mantém com a Sua energia externa. Ele cria inumeráveis universos em seus passatempos. Por Sua vontade Ele se manifesta de formas ilimitadas, nas quais Ele entra em todo e cada universo. Śrī Advaita Ācārya é uma parte plenária desse puruṣa e, portanto, não é diferente Dele. De fato, Śrī Advaita Ācārya não é separado, mas é outra forma desse puruṣa. Ele [Advaita Ācārya] ajuda nos passatempos do puruṣa, com cuja energia material e por cuja vontade Ele cria inumeráveis universos. Sendo um reservatório de todos os atributos auspiciosos, Śrī Advaita Ācārya é todo-auspicioso para o mundo. Suas características, atividades e nome são sempre auspiciosos. Mahā-Viṣṇu cria o mundo material inteiro com milhões de Suas partes, energias e encarnações. Śrī Advaita, que é um reservatório de virtudes, é o principal membro de Mahā-Viṣṇu. Seu nome completo é Advaita, pois Ele é idêntico em todos os aspectos àquele Senhor. Como Ele havia criado todos os universos, agora Ele desceu para introduzir o caminho de bhakti (devoção). Ele libertou todos os seres vivos oferecendo o presente de kṛṣṇa-bhakti (devoção à Kṛṣṇa). Ele explicou o Bhagavad-gītā e o Śrīmad-Bhāgavatam à luz do serviço devocional. Como Ele não tem outra ocupação além de ensinar serviço devocional, Seu nome é Advaita Ācārya. Ele é o mestre espiritual de todos os devotos e é a personalidade mais reverenciada do mundo. Por uma combinação desses dois nomes, Seu nome é Advaita Ācārya. Como Ele é um membro ou parte do Supremo Senhor de olhos de lótus, Ele também leva o nome Kamalākṣa. Seus associados possuem as mesmas características corporais que o Senhor. Todos eles têm quatro braços e estão vestidos com roupas amarelas como Nārāyaṇa. Śrī Advaita Ācārya é o principal membro do Supremo Senhor. Suas verdades, nomes e atributos são maravilhosos. Ele adorou Kṛṣṇa com folhas de tulasī e água do Ganges e chamou-O em voz alta. Assim, o Senhor Caitanya Mahāprabhu apareceu na terra, acompanhado por Seus associados pessoais. É através dEle [Advaita Ācārya] que o Senhor Caitanya espalhou o movimento saṅkīrtana e através dEle que Ele libertou o mundo. A glória e os atributos de Advaita Ācārya são ilimitados. Como podem as entidades vivas insignificantes entendê-las? Śrī Advaita Ācārya é um dos principais membros do Senhor Caitanya. Outro membro do Senhor é Nityānanda Prabhu. Com todos eles, o Senhor Caitanya realizou Seus passatempos e com eles Ele espalhou Sua missão. Pensando “Ele [Śrī Advaita Ācārya] é um discípulo de Śrī Mādhavendra Purī,” o Senhor Caitanya O obedece, respeitando-O como Seu mestre espiritual. Para manter a etiqueta adequada aos princípios da religião, o Senhor Caitanya se curva aos pés de lótus de Śrī Advaita Ācārya com orações e devoção reverentes. Śrī Advaita Ācārya, no entanto, considera o Senhor Caitanya Mahāprabhu Seu mestre, e Ele pensa em Si como um servo do Senhor Caitanya Mahaprabhu. Ele se esquece da alegria dessa concepção e ensina todas as entidades vivas: “Vocês são servos de Sri Caitanya Mahaprabhu”. A concepção de servidão a Śrī Kṛṣṇa gera tal oceano de alegria na alma que mesmo a alegria da unidade com o Absoluto, se multiplicada dez milhões de vezes, não poderia se comparar a uma gota dela. Ele diz: “Nityānanda e Eu somos servos do Senhor Caitanya.” Em nenhum outro lugar há tanta alegria quanto a que é sentida nesta emoção de servidão. A mais amada deusa da fortuna reside no peito de Śrī Kṛṣṇa, mas ela também, fervorosamente orando, implora pela alegria do serviço a Seus pés. Todos os associados do Senhor Kṛṣṇa, como Brahmā, Śiva, Nārada, Śuka e Sanātana Kumāra, estão muito satisfeitos com o sentimento de servidão. Śrī Nityānanda, o mendigo errante, é o principal de todos os associados do Senhor Caitanya. Ele ficou louco no êxtase do serviço ao Senhor Caitanya. Assim eles dançam, cantam e riem como loucos, e instruem a todos: “Apenas sejam servos amorosos do Senhor Caitanya”. Śrī Advaita Ācārya pensa: “O Senhor Caitanya considera-Me seu mestre espiritual, mas sinto-Me apenas como Seu servo”. O amor a Kṛṣṇa tem esse único efeito: imbui superiores, iguais e inferiores com o espírito de serviço ao Senhor Kṛṣṇa. As glórias de Śrī Advaita Ācārya são ilimitadas, pois Suas sinceras orações provocaram a descida do Senhor Caitanya sobre a Terra. Ele libertou o universo pregando saṅkīrtana. Assim, as pessoas do mundo receberam o tesouro do amor a Deus através da misericórdia de Śrī Advaita. Quem pode descrever as ilimitadas glórias de Advaita Ācārya? Eu escrevo aqui tanto quanto conheço de grandes autoridades. Ofereço minhas reverências dez milhões de vezes aos pés de lótus de Śrī Advaita Ācārya. Por favor, não se ofenda com isso. Todas as glórias, todas as glórias a Śrī Advaita Ācārya! Todas as glórias ao Senhor Caitanya Mahāprabhu e ao superior Senhor Nityānanda! [Fonte: Śrī Caitanya-caritāmṛta, traduzido e comentado por Śrīla Prabhupāda e "Śrī Caitanya: Sua Vida e Associados" de Śrīla Bhakti Ballabha Tīrtha Gosvāmī Mahārāja.]

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo